Caraíva

Caraíva

“Há um
vilarejo ali...”

Definitivamente, um lugar de onde ninguém sai como chegou.

A travessia de canoa já é a primeira experiência de boas-vindas. De dia ou noite (não é preciso ter medo) é possível avistar o cenário emoldurado pelas casinhas coloridas, o rio, o mar lá na ponta do triângulo (Caraíva não é uma ilha, é uma península), o mangue. Um conjunto que, logo de cara, já nos faz suspirar.

Ao desembarcar, para carregar os pertences (sempre prefira vir de mochilão), você pode usar um dos tradicionais táxis de Caraíva, ou seja, uma carroça.

As ruas são de areia e nada de carros transitando. Troque os sapatos pelos chinelos e prepare-se para caminhar! (Mas fique tranquilo, porque tudo é perto).

Você irá reparar que não há postes e iluminação pública. Toda a fiação elétrica é subterrânea, para não interferir na paisagem, e cada morador ilumina a porta de casa ou fechada do estabelecimento como lhe convém. Aliás, a luz chegou a Caraíva em 2.007.

Caraíva é, de fato, um paraíso rústico e isolado. Apenas uma operadora de celular tem sinal em alguns pontos na praia e na frente do rio (Vivo). O sinal de internet, disponibilizado via WI-FI, é bom e nos atende, mas diante de tudo o que está lendo, é de se compreender que às vezes ele falha… Nossa dica é: Conecte-se a Caraíva!

Apesar de pequena, a vila conta com Posto de Saúde, Biblioteca, Igreja, Farmácia, Padarias, opções de restaurantes do simples ao sofisticado, bares e lojas. Hoje a maioria dos estabelecimentos já aceita cartões de débito e crédito, mesmo assim, vale trazer dinheiro – até porque em Caraíva não há bancos ou caixas eletrônicos.

Caminhe pelas ruas principais e vielas, converse com os nativos e moradores antigos – todos cheios de histórias para contar, visite as aldeias e conheça a cultura Pataxó… Mergulhe na magia de Caraíva!

História

Aqui, os portugueses avistaram a primeira superfície de terra, o Monte Pascoal. A região é conhecida como “Costa do descobrimento”.

Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a comunidade de Caraíva é o vilarejo mais antigo do Brasil, de 1.530.

Durante anos, a comunidade viveu da pesca e, até o início do século XX, também explorava a madeira.

Foi só a partir da década de 70 que os primeiros turistas aventureiros começaram a chegar, caminhando de Trancoso até a vila pela praia. Aos poucos, Caraíva foi se adaptando ao turismo.

Mesmo recebendo milhares de pessoas, ainda se mantém preservada, fazendo parte do Parque Nacional e Histórico de Monte Pascoal e como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Caraíva

foto002
IMG_12
Check-list:

o que você precisa saber sobre Caraíva

Ruas de areia. Nada de carros e poluição. Encontro do Rio com o Mar. Pôr-do-sol. Natureza. Céu estrelado. Passeios lindos. Tempero baiano. Não precisa de mais, não é mesmo?

  • Traga apenas chinelos e um tênis para caminhadas (sapatos delicados e salto alto aqui não tem vez);
  • Repelente (muito repelente);
  • Protetor solar e óculos escuros (não se esqueça que aqui é Bahia!);
  • Câmera fotográfica (ou o celular mesmo);
  • Snorkel e pé de pato são bem-vindos;
  • Um livro para quando quiser relaxar (aqui televisão é quase uma raridade);
  • Como tem pouca iluminação, vale trazer uma lanterna (mas, com certeza, você irá abandoná-la no decorrer dos dias);
  • Sinal somente da operadora de celular Vivo (em alguns lugares). Telefone somente rural, via antena, em alguns estabelecimentos;
  • Não há Bancos ou Caixas Eletrônicos, mas muitos dos lugares aceitam cartão;
  • O lixo não fica em Caraíva e existe toda uma logística para retirá-lo. Portanto, separe o lixo seco/reciclável do lixo orgânico. Cascas de frutas e de ovos, por exemplo, são sempre usadas como adubo;
  • A água é proveniente de poços artesianos.Economize!;
  • Em Caraíva usamos foças então, por amor à vila, jamais jogue papel higiênico, absorvente e outros no vaso sanitário;
  • A energia de vez em quando caí. Não se desespere. Aproveite para observar o que a rotina não lhe deixa ver.
Descubra nosso paraíso

Nossos Diferenciais

Ar condicionado e Wi-Fi

Ar condicionado e Wi-Fi

Todas as acomodações têm acesso Wi-Fi grátis, frigobar, banheiro privativo e ar condicionado split.
Aconchego

Aconchego

Você é recebido no portão pela Luci, sem a formalidade de uma recepção. Poucas suítes, muitos detalhes e a combinação...
Café da manhã caseiro

Café da manhã caseiro

Frutas frescas, sucos regionais, receitas de família da Luci, iogurte caseiro, tapioca com gostinho baiano e ovos feitos na hora.
Late check out

Late check out

Respeitamos o ritmo ‘sem pressa’ da Bahia, com o propósito de que nossos hóspedes possam desacelerar e sair da rotina.
Jardim mágico

Jardim mágico

Muito verde, espécies nativas e o colorido das flores que atraem diariamente pássaros das mais variadas espécies, especialmente beija-flores.
Tranquilidade e sossego

Tranquilidade e sossego

O sossego, silêncio e tranquilidade são acompanhados do canto dos pássaros e, a noite, do som do mar.